27 de janeiro de 2010

Desejos que morrem na boca

3 comentários:

Maçã e Canela disse...

Na boca..
Na pela..
Nas camas desfeitas.
Nos lugares distantes, que consumimos em sonhos

CarMG disse...

e morrem?
continuam?
persistem?
resistem?
;)

IsaCruz disse...

Para mim morrem. Mas... confesso que por vezes há vontade de os ressuscitar...
Bjs