24 de março de 2010

Porque as estrelas também riem

«- As pessoas têm estrelas que não são as mesmas. Para os viajantes, as estrelas são guias. Para outros, não passam de luzinhas. Para outros, os cientistas, são problemas. (...) Mas todas essas estrelas estão caladas. Tu, tu vais ter estrelas como mais ninguém...
(...)
- À noite, pões-te a olhar para o céu e, como eu moro numa delas, como eu me estou a rir numa delas, para ti, é como se todas as estrelas se rissem! Vais ser a única pessoa do mundo que estrelas capazes de rir!
(...)
- E quando te tiveres consolado (porque acabamos sempre por nos consolar), hás-de sentir-te muito contente por me teres conhecido. Hás-de ser sempre meu amigo. Vai-te apetecer rir comigo. E, às vezes, sem mais nem menos, vai-te dar para abrir a janela, só porque é bom... E os teus amigos hão-de ficar de boca aberta quando te ouvirem rir a olhar para o céu. Mas tu dizes-lhes: "Pois é! As estrelas sempre me deram vontade de rir!" E eles ficam a pensar que tu estás maluco.»

Antoine de Saint-Exupéry
in
O Principezinho, pg.88

7 comentários:

Lina disse...

E não sorriste ao relê-lo?

CarMG disse...

Sem dúvida alguma :)

Até já o recomendei e tudo! LOL

"Se bem que" (esta expressão mata-me) não é um livro para se recomendar ler, mas sim recordar para reler ;)

Lina disse...

Mesmo :)

É um dos que nos acompanha para a vida...

Anónimo disse...

Um dos melhores livros das nossas infâncias... :)

Nexinha

Chloé disse...

Já não o leio aos anos, mas este livro é uma bíblia! :-)

Chloé disse...

oh! Novidade: errata de comentário!
Onde se lê "aos anos" deve-se ler "há anos". Pronto! LOL

CarMG disse...

eu reparei k foi engano ;)

Também não o lia há anos! Ao ponto de (com alguma vergonha minha) já não me lembrar de algumas partes!!!!

Mas, sem dúvida, que é um dos melhores livros que podems ler, seja na infância seja na idade mais... avançada lol

Beijinhos :)