16 de março de 2010

Anda. Hoje, escolhi-te a ti para dançar.

Anda. Senta-te aí. Levanta-te dessa cadeira imaginária onde permaneces inerte e senta-te ao meu lado. De novo. Como dantes. Hoje, apetece-me falar e escolhi-te a ti. Assumo-me perante mim mesma que te escolho a ti para me ouvires. Assumo-me a ti que é contigo que me apetece falar. Assumo-me ao Mundo que me quiseste ouvir.

Anda. Tem que ser ao meu lado. Nunca atrás. À frente também não. Deixa-me olhar para ti enquanto falo, mas dá-me a desculpa para não o fazer quando me convém, porque não posso. Porque não quero. Talvez porque não consiga. Porque tenho que olhar de frente. Para o Mundo. Que é meu, todo meu, sempre que o quero assim. Para mim. Mas falo-te nos olhos. Para dentro. Para ter a certeza que ouves, que me ouves. Olhos adentro.

Anda. Apetece-me falar de nada. Do nada habitual. Do habitual que é nada e que faz as conversas fluírem. Por nada. Por tudo. Por tanto. E é tanto... Portanto, senta-te a meu lado e abre a janela. Sim, com a janela aberta para sentires o Sol na pele e o Vento na carne. Os elementos e os sentidos juntos e apurados. Aprumados. Simbióticos para que vivam e sobrevivam na mesma dança em que redopia a nossa conversa.

Anda. Vai-me ouvindo. Sabes como fazê-lo. É como eu gosto. Como sabe bem. Como me sinto bem. Consigo fazê-lo sem te ter aqui. As mesmas conversas. Os mesmos risos. Até as mesmas perguntas. Isto porque... as respostas serão as mesmas.

Anda. Hoje, escolhi-te a ti para dançar.

6 comentários:

AF* disse...

Gostei imenso do teu texto parabens... :)

CarMG disse...

Obrigada, AF* :)

Gostei imenso da visita*
*e do comentário.

Luís B. disse...

Tens verdadeiramente um dom (de certeza q alguém já te disse o mesmo)... Excelente!
E o livro? Qd é q te vais sentir crescida? Tens ideia de quão inseguro é o suporte informático da tua escrita? :)

CarMG disse...

Um dom?
lol
E o que é um dom? Será algo tão inseguro como o suporte informático... efémero... Poderá sê-lo, eventualmente agora, segundo uma ou outra avaliação bondosa e subjectiva... mas Obrigada, claro que agradeço e que gosto que assim o aches!

Quanto ao suporte informático... guardo-o em duplicado... é o que consigo de momento enquanto estou em... maturação ;)

Anónimo disse...

por vezes... umas saudades

CarMG disse...

saudades... tantas... de tanto...