15 de novembro de 2009

Não é perfeito

Tem imprecisões e indecisões como os outros. Baixos relevos e altas altitudes. Amiúdes. Rugas e viscosidades. Pelos e peles. Entre eles. Nem ao toque. Frio quando longe. Quente quando quase. Estranho quanto baste. Nem ao cheiro. Sempre a fugir levado por qualquer sopro. Sempre menos com inspirações a mais. Cheirado pelos demais. Quais? Nem ao olhar. Demasiado real. O olhar é superficial. Só na imaginação. Está ali, à mão. Preso por fios de marionetas manipuladas por outras. Enfiadas em histórias do querer e do sentir. Não é perfeito. Nunca é perfeito. Apenas meu... teu... deles...

5 comentários:

Maçã e Canela disse...

As vezes acho que todos nós somos um bucado marionetes..

CarMG disse...

... e que nos deixamos manipular por nós próprios muitas vezes. Marionetas da nossa vontade, do nosso querer e do sentir.

Maçã e Canela disse...

Também gosto desta amena cavaqueira:)

IsaCruz disse...

Curioso. Gosto do que "não é perfeito" por ser tão "perfeito" para mim. Gosto mais dos "fios" do que das "marionetas". Porque será?? Estranho ou talvez não.

CarMG disse...

é preciso habilidade para se saber manobrar os fios. arte! há quem tente e não consiga! há quem o faça sem tentar e fá-lo bem demais...